Edital para a Polícia Federal em breve

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Está próximo o lançamento do edital para 600 vagas de agente da Polícia Federal. O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou, em 26 de março de 2014, o preenchimento de 600 vagas para o cargo de agente. Segundo informações dos responsáveis pelo concurso, o edital já se encontra pronto, mas ainda falta a escolha da organizadora do certame. É provável que a empresa seja anunciada em meados de maio, para que o cronograma preliminar estipulado seja seguido. Assim, o edital, de acordo com o citado cronograma, seria lançado em junho e as provas ocorreriam em agosto.

Para participar, é necessário que o candidato possua nível superior, o diploma seja reconhecido pelo MEC, e a formação seja em qualquer área. O candidato precisa também de carteira de habilitação categoria “B”. O salário inicial é de R$ 7.514,33, mais auxílio alimentação de R$ 373,00, por uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. O trabalho do agente da Polícia Federal consiste em executar investigações, operações de prevenção e repressão ao crime. O agente pode desempenhar atividades de natureza administrativa também, ou cumprir medidas de segurança orgânica.

Como o edital já está pronto, basta que a escolha da organizadora ocorra, para que o mesmo seja liberado. Mas, ainda é necessário que aconteça uma análise jurídica por parte do Ministério da Justiça, que também analisou o certame da Polícia Rodoviária Federal (PRF), para o cargo de agente administrativo. Neste último caso, o citado Ministério solicitou alterações do edital proposto.

Na autorização do MPOG, a PF pode lançar o edital em até 6 meses, ou seja, até o dia 26 de setembro. Mas o plano é agilizar o processo, de modo que os aprovados já sejam nomeados no início de 2015.

A última prova ocorreu em 2012, quando a instituição ofereceu 500 vagas, Quem organizou foi a CESPE/UnB e ocorreu em duas fases. A primeira foi composta de provas objetivas e discursivas, testes de aptidão física e avaliações médicas e psicológicas. A segunda foi um curso de formação profissional. As matérias que são ccomuns nas provas para este cargo são: língua portuguesa, noções de informática, atualidades, raciocínio lógico, noções de administração, de economia, de contabilidade, de direito penal, de direito processual penal, de direito administrativo, constitucional e legislação especial.

Facebook Comments

Comments

comments

Facebook Comments